O enfermeiro obstetra diante do óbito fetal: assistência a mãe e seus familiares [The nurse midwife facing fetal death: assistance to the mother and her relatives] [El enfermero obstetra ante el óbito fetal: asistencia a la madre y sus familiares]

Thais dos Santos Bento Soares, Carla Luzia França Araújo

Resumo


Objetivo: analisar estudos disponíveis na literatura sobre a assistência hospitalar a mãe e a família de natimorto. Método: O estudo é uma revisão sistemática de literatura no qual foram identificados 62 estudos, com uma amostra final composta por 3 estudos selecionados para atender o objetivo proposto. Resultados: Observou-se que o cuidado recebido durante e após a natimortalidade podem ter impactos duradouros no bem-estar no futuro dos pais, estratégias efetivas de enfrentamento durante e após o atendimento ajudariam os enfermeiros a enfrentar o desafio emocional de oferecer cuidados perinatais de alta qualidade ao luto e bem como um conjunto de estratégias para essa assistência. Conclusão: Uma educação continuada baseada em evidências cientificas sobre a assistência do enfermeiro para as mães e familiares de feto morto abrange tanto os cuidados com os enfermeiros como a qualidade da assistência sobre o assunto.

ABSTRACT

Objective: To analyze studies available in the literature on hospital care for the stillborn mother and family. Method: The study is a systematic literature review in which 62 studies were identified, with a final sample composed of 3 studies selected to meet the proposed objective. Results: It was observed that the care received during and after stillbirth can have lasting impacts on the well-being of the parents' future, effective coping strategies during and after care would help nurses to face the emotional challenge of providing high - mourning quality and a set of strategies for such care. Conclusion: A continuing education based on scientific evidence on nursing care for mothers and their families of the unborn fetus covers both nurses' care and the quality of care on the subject.

RESUMEN

Objetivo: analizar estudios disponibles en la literatura sobre la asistencia hospitalaria a la madre y familia de nacimientos. Método: El estudio es una revisión sistemática de literatura en la que se identificaron 62 estudios, con una muestra final compuesta por 3 estudios seleccionados para atender el objetivo propuesto. Resultados: Se observó que los cuidados recibidos durante y después de la mortortalidad pueden tener impactos duraderos en el bienestar de los futuros padres, estrategias efectivas de enfrentamiento durante y después de la atención ayudar a los enfermeros a enfrentar el desafío emocional de ofrecer cuidados perinatales de alta calidad del luto y un conjunto de estrategias para esta asistencia. Conclusión:Una educación continuada basada en evidencias científicas sobre la asistencia del enfermero para las madres y familiares de feto muerto abarca tanto los cuidados con los enfermeros como la calidad de la asistencia sobre el tema.

 


Palavras-chave


Enfermagem obstétrica; Assistência de enfermagem; Óbito fetal;

Texto completo:

PDF(POR)

Referências


Conselho Federal de Enfermagem (Br). Lei n. 7.498, de 25 de jun. de 1986. Lei do Exercício Profissional. 1986.

Barbosa NR, Almeida MS, Coelho EAC, Oliveira JFO. et. al. Da gestação ao nascimento: percepção do casal gravídico. Rev. baiana de enfermagem [online]. 2013; 27(2). [citado em 19 fev 2019]. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/view/7959

Klaus M, Kennell J. Pais/bebês: a formação do apego. Ed. Artes Médicas; 1993.

Paneque MDCM. Addressing perinatal bereavement. Metas de Enfermería [online]. 2011; 14(5). [citado em 20 fev 2019]. Disponível em: https://www.enfermeria21.com/revistas/metas/articulo/80201/

Smith B. More than a band-aid: a transdisciplinary team approach to perinatal loss. The American jorurnal of maternal/child Nursing [online]. 2013; 38(2). [citado em 21 fev 2019]. Disponível em: https://journals.lww.com/mcnjournal/Abstract/2013/03000/A_Transdisciplinary_Team_Approach_to_Perinatal.10.aspx

Ryninks K, Cara R, Kirstie M, Antje H. et al. Mothers experience of their contact with their stillborn infant: an interpretative phenomenological analysis. BMC Pregnancy Childbirth [online]. 2014; 14(203). [citado em 18 fev 2019]. Disponível em: https://bmcpregnancychildbirth.biomedcentral.com/articles/10.1186/1471-2393-14-203

Singata M, Tranmer J, Gyte G. Restricting oral fluid and food intake during labour. Rev. Cochrane Database of Systematic Reviews [online]. 2010; 20(1). [citado em 14 fev 2019]. Disponível em: https://www.cochranelibrary.com/cdsr/doi/10.1002/14651858.CD003930.pub3/epdf/standard

Roy SC. Introduction to nursing an adaptation model. New Jersey(EUA): Ed Chapman & Hall; 1996.

Cesar MB, Nogueira SP, Miranda CM, Rolim AM. O luto da puérpera de um Natimorto. In: Publicação do IX congresso Brasileiro de enfermagem obstétrica e neonatal; 2015 dez 2-4; Belém; Brasil. Belém (PA): ABENFO; 2015. p.162.

Duarte CAM, Turato ER. Sentimentos presentes nas mulheres diante da perda fetal: uma revisão Psicologia em Estudo. (Maringá). 2009; 14(3): 485-490.

Brasil. Manual de Vigilância do Óbito Infantil e Fetal e do Comitê de Prevenção do Óbito Infantil e Fetal. Brasília (DF): Ministério da saúde; 2009.

Ministério da saúde (Br). Tecnologia da informação a serviço do SUS – DATASUS. Taxa de óbito fetal. Brasília (DF): Ministério da saúde; 2016.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Rev Texto Contexto Enferm. 2002; 17(4): 758-64.

Ganong LH. Integrative reviews of nursing research. Research in Nursing & Health [online]. 1987; 10(1). [citado em 15 fev 2019]. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/nur.4770100103

Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo). 2010; 8(1): 102-106.

Bbriggs J. Joanna Briggs Institute Reviewers’ Manual: 2014 edition. Adelaide: Australia; 2014.

Ursi ES, Galvão CM. Prevenção de lesões de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura. Revista Latino-americana de Enfermagem. 2006; 14(1): 124-131.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.