Enfermagem na prevenção de infecções sexualmente transmissíveis em gestantes no Brasil: revisão narrativa [Nursing in the prevention of sexually transmitted infections in pregnant women in Brazil: narrative review ]

Reisiane dos Santos Guimarães, Fernando Luiz Lima de Oliveira, Adelia Dalva da Silva Oliveira, Fernanda Cláudia Miranda Amorim

Resumo


RESUMO

Objetivo: Conhecer a produção cientifica brasileira sobre o enfermeiro na prevenção de IST em gestantes no Brasil. Métodos: Trata-se de uma revisão narrativa, revendo o estado da arte para esse procedimento. Foi realizada uma busca de artigos publicados a partir de 2014 nas seguintes bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SCIELO). Foram incluídos apenas artigos completos em língua portuguesa, excluindo-se relatos de casos informais, capítulos de livros, dissertações, teses, reportagens, notícias, editoriais, textos não científicos e artigos que disponibilizavam apenas o resumo. Os artigos deveriam versar sobre infecções sexualmente transmissíveis que citavam a ação do Enfermeiro. Para a organização dos dados, foi elaborada um quadro contendo a identificação dos artigos, dos autores, ano e periódico. Resultados: Foram encontrados inicialmente 827 artigos. Após seleção, 11 artigos estavam adequados aos objetivos do estudo, as informações foram repassadas para o instrumento de coleta. Conclusão: Os artigos encontrados destacam a importância do Enfermeiro positivamente, como que um educador participando da prevenção e tratamento das IST em gestantes.

ABSTRACT

Objective: To know the Brazilian scientific production about the Nurse’s role in the prevention of STI in pregnant women in Brazil. Method: It is an narrative review, concerning the state of art to this procedure. It was performed a search of published articles since 2014 on the following data bases: Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências-Americana em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Electronic Library Online (SCIELO). It was included only the complete articles in Portuguese, excluding the informal reports of cases, chapters of books, dissertations, theses, reports, news, editorials, non-scientific texts and articles that made available only the summary. The articles should approach the sexually transmissible diseases that mentioned the nurse's action. To the data organization it was created a scale including the identification of the article, authors, studying place, year, results and conclusions. Results: From the research it were found 827 articles initialy. After the selection, 11 articles were suitable to the objectives of the study, the information were transferred to the collect tool. Conclusion: the found articles highlight the importance of the nurse positively, like an educator taking part of the prevention and treatment of the STI in pregnants.

RESUMEN

Objetivo: Conocer la producción científica brasileña sobre la enfermera en la prevención de ITS en mujeres embarazadas en Brasil. Método: se trata de una revisión narrativa, que revisa el estado de la arte de este procedimiento. Se realizó una búsqueda de artículos publicados desde 2014 en las siguientes bases de datos: Literatura Latinoamericana y Caribe en Ciências-Americana em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Electronic Library Online (SCIELO). Se incluyeron solo los artículos completos en idioma portugués, excluyendo los relatos informales de casos, capítulos de libros, disertaciones, tesis, informes, noticias, editoriales, textos no científicos y artículos que pusieron a disposición únicamente el resumen. Los artículos deben hablar sobre las enfermedades de transmisión sexual que mencionaron la acción de la enfermera. Para la organización de los datos, se creó una escala que incluye la identificación del artículo, los autores, el lugar de estudio, el año, los resultados y las conclusiones. Resultados: De la investigación con los 827 artículos encontrados. Después de la selección, 11 artículos fueron adecuados para los objetivos del estudio, la información se transfirió a la herramienta de recopilación. Conclusión: los artículos encontrados resaltan la importancia de la enfermera de manera positiva, como un educador que participa en la prevención y el tratamiento de las enfermedades de transmisión sexual en los embarazos.


Palavras-chave


Enfermagem; Prevenção primária; Gestação; Infecções sexualmente transmissíveis

Texto completo:

PDF(POR)

Referências


Brasil. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Atenção Integral às Pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis. Brasília (DF): Ministério da Saúde, 2015.

Barreto RMA, dos Santos RB, Bezerra ACL, da Silva MAM. Ist na adolescência: percepção de gestantes a luz do círculo de cultura de Paulo Freire. Revista Contexto & Saúde. 2016; 16(30): 116-25.

Brasil. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico - Aids e IST. Manual de Controle das Doenças Sexualmente Transmissíveis. Brasília (DF): Ministério da Saúde, 2017.

Brasil. Controle das DST causam impacto na redução do HIV. Resposta-Experiência do Programa Brasileiro de AIDS. Brasília (DF): Ministério da Saúde, 2008.

Brasil. Manual de Doenças Sexualmente Transmissíveis. Brasília (DF): Ministério da Saúde, 2006.

Tavares RE, Tocantins FR. Ações de enfermagem na Atenção Primária e o controle de doenças imunopreveníveis. Revista Brasileira de Enfermagem. 2015; 68(5): 803-809.

Rother ET. Revisão sistemática X revisão narrativa. Acta paul enfermagem. 2007; 20(2):V-VI.

Ursi ES, Gavão CM. Prevenção de lesões de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura. Revista Latino-Americana de Enfermagem. 2006; 14(1):124-131.

Jordão BA, Espolador GM, Sabino AMNF, Tavares BB. Conhecimento da gestante sobre o HIV e a transmissão vertical em São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde. 2017: 18(2), 26-34.

Costa MC, Bornhausen-Demarch E, Azulay DR, Périssé ARS, Dias MFRG, Nery JAC. Doenças sexualmente transmissíveis na gestação: uma síntese de particularidades. Anbras dermatol. 2010; 85 (6): 767-85.

Melo AC, Costa ADDB, Silva-Muniz PH, França RMB, Lima LR. Infecções sexualmente transmissiveis rastreadas pela assistência pré-natal na atenção básica. Mostra Interdisciplinar do curso de Enfermagem. 2017; 2(1).

Bezerra LLO, dos Santos Fernandes SMP, Raquel J, da Silva L. Abordagem das IST por enfermeiro (as): revisão integrativa de literatura. Editora Realize: 2017.

Vianna PVC, Helbusto NB, Barbosa RJ, da Silva Santos MH. Sífilis congênita, um evento sentinela: narrativas de mães de filhos nascidos com sífilis em uma cidade metropolitana paulista. Revista Univap. 2017; 23(42), 35-50.

Medeiros HHA, Negreiros AGLV, Menezes LTG, Brito MMS, Barros Henriques AH. A atuação do enfermeiro na prevenção de IST e AIDS em idosos: uma revisão da literatura. Editora Realize: 2016.

Farias ILAD, Silva JPFD, Teixeira JHDN; Albuquerque ACC. Prevalência de sífilis em gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Catende-PE, no período de 2016 (tese de bacharelado). Caruaru: Centro Universitário Tabosa de Almeida ASCES-UNITA; 2016.

Carvalho IA, Santos VEP, Teixeira DS, Carvalho JA. Perfil ginecológico-obstétrico de gestantes atendidas em consulta de enfermagem. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online. 2011; 3(2)

Santos SLF, Silva JMG, Fonteles MMF. Educação em Saúde sobre higiene íntima da mulher e Infecções Sexualmente Transmissíveis: Relato de Experiência. Revista Expressão Católica Saúde; 2(:, 40-44.

Carvalho CFS, Silva RAR. Perfil sociodemográfico e de saúde de mulheres soropositivas em um pré-natal de alto risco. Cogitare Enfermagem. 2014;19(2).

Suto CSS, Silva DL, Almeida EDS, Costa LEL, Evangelista TJ. Assistência pré-natal a gestante com diagnóstico de sífilis. Revista de Enfermagem e Atenção à Saúde. 2016; 5(2).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.